Anvisa aprova uso emergencial para as vacinas da Fiocruz e do Butantan
Ver mais sobre: Notícias

Anvisa aprova uso emergencial para as vacinas da Fiocruz e do Butantan

Liberação foi feita em reunião da agência com seus cinco diretores, e a decisão dependia de maioria simples dos votos

A CoronaVac é a vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac.(Divulgação) SÃO PAULO – A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou neste domingo (17) o uso emergencial das vacinas CoronaVac, do Instituto Butantan em parceria com a chinesa Sinovac, e a da Fiocruz, produzida em parceria com a farmacêutica AstraZeneca e a Universidade de Oxford (Reino Unido).A aprovação foi feita em reunião da agência com seus cinco diretores, e a decisão dependia de maioria simples – ou seja, três votos.Os pedidos eram independentes e não necessariamente seriam aprovados juntos. A aprovação do uso emergencial não libera a comercialização do produto, apenas o uso pelo governo federal em seu plano de vacinação.PUBLICIDADEgoogletag.cmd.push(function() { googletag.display( decodeURIComponent( 'RETANGULO_AF' ) ); });Recomendado para vocêAs 10 melhores corretoras para investir em ações, segundo a ProtesteRecomendado para vocêCurso gratuito: como viver de Bolsa operando apenas 1 hora por diaRecomendado para vocêComo investir em ações: passo a passo para quem está começandoO pedido do Instituto Butantan foi apresentado em 8 de janeiro, e é referente a 6 milhões de doses importadas da Coronavac, embora o Instituto também desenvolva a vacina no Brasil.Já o pedido da Fiocruz também foi protocolado no dia 8 de janeiro, e é referente a 2 milhões de doses importadas do laboratório... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!