Avaliação de Bolsonaro se mantém estável em dezembro, mostra pesquisa XP/Ipespe

O presidente Jair Bolsonaro manteve o mesmo patamar de aprovação apurado há um mês, mostrou pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta terça-feira, mesmo diante do agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil. De acordo com a sondagem, a avaliação do governo como "ótimo" ou "bom" oscilou de 37% em novembro para 38% em dezembro. Já os que [...]

O percentual dos que acreditam que o país irá enfrentar uma segunda onda do coronavírus se manteve em 77% (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares) O presidente Jair Bolsonaro manteve o mesmo patamar de aprovação apurado há um mês, mostrou pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta terça-feira, mesmo diante do agravamento da pandemia de Covid-19 no Brasil. De acordo com a sondagem, a avaliação do governo como “ótimo” ou “bom” oscilou de 37% em novembro para 38% em dezembro. Já os que consideram a gestão “péssima” ou “ruim” variou de 34% no último mês para 35% agora. Aqueles que avaliam o governo como “regular” passaram de 28% para 25%. A pesquisa apontou, ainda, que 40% dos entrevistados dizem ter “muito medo” da Covid-19. Em novembro eram 37%, e 28% em outubro. Aqueles que responderam não ter medo passaram de 24% em novembro para 22% em dezembro. Outro movimento captado diz respeito à expectativa em relação à pandemia. Para 48% “o pior ainda está por vir”, maior patamar registrado desde julho, segundo a XP/Ipespe. Para 43%, “o pior já passou”. O percentual dos que acreditam que o país irá enfrentar uma segunda onda do coronavírus se manteve em 77%. Sobre a perspectiva para a imunização, 40% acreditam que a vacina estará disponível para a população até março de 2021. Outros 49% responderam que ela será disponibilizada depois de março de 2021. A pesquisa entrevistou 1.000 pessoas no território nacional entre 7... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!