Bancos dos EUA se preparam para US$ 11 bi em recompras de ações
Ver mais sobre: Notícias

Bancos dos EUA se preparam para US$ 11 bi em recompras de ações

Os seis maiores bancos dos Estados Unidos poderão recomprar até US$ 11 bilhões em ações no primeiro trimestre do ano que vem, depois de receberem o sinal verde do Federal Reserve para retomar as compras. A segunda rodada dos testes de estresse de 2020, divulgada na sexta-feira, indicou que Wall Street conseguiu navegar pela turbulência da Covid-19 [...]

Com base na nova política de distribuição, os seis maiores bancos americanos poderiam recomprar até US$ 11 bilhões em ações no primeiro trimestre desde que os lucros do quarto trimestre atinjam os níveis estimados por analistas (Imagem: Money Times) Os seis maiores bancos dos Estados Unidos poderão recomprar até US$ 11 bilhões em ações no primeiro trimestre do ano que vem, depois de receberem o sinal verde do Federal Reserve para retomar as compras. A segunda rodada dos testes de estresse de 2020, divulgada na sexta-feira, indicou que Wall Street conseguiu navegar pela turbulência da Covid-19 e tem capital adequado para resistir a uma desaceleração econômica prolongada causada pelo coronavírus. Em junho, o Fed impôs limites temporários para pagamentos de acionistas dos maiores bancos, proibindo-os de recomprar ações ou aumentar o pagamento de dividendos. JPMorgan e Morgan Stanley disseram em comunicados que planejam retomar as recompras a partir do próximo trimestre. Citigroup e Goldman Sachs afirmaram que também pretendem reiniciar as compras no próximo ano, enquanto o CEO do Bank of America, Brian Moynihan, disse que a instituição planeja recomprar ações “assim que nos for permitido”. Com base na nova política de distribuição, os seis maiores bancos americanos poderiam recomprar até US$ 11 bilhões em ações no primeiro trimestre, desde que os lucros do quarto trimestre atinjam os níveis estimados por analistas. O valor... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!