Em nova fase, Cogna trabalha para fortalecer EAD sem deixar cursos presenciais de lado

A Cogna (COGN3) entrou em uma nova fase de operação, com perspectiva de maior rentabilidade e aumento de margens. O plano de reestruturação da companhia começou a ser implementado e deve, de acordo com a Guide Investimentos, ser maturado em 2021. A equipe de análise da corretora participou ontem do Cogna Day. Além do processo [...]

A Guide Investimentos está confiante com a capacidade da Cogna de retomar o crescimento do Ebitda e gerar caixa ao longo do próximo ano (Imagem: YouTube/Kroton) A Cogna (COGN3) entrou em uma nova fase de operação, com perspectiva de maior rentabilidade e aumento de margens. O plano de reestruturação da companhia começou a ser implementado e deve, de acordo com a Guide Investimentos, ser maturado em 2021. A equipe de análise da corretora participou ontem do Cogna Day. Além do processo de reestruturação, o evento focou nas iniciativas digitais antecipadas para 2020 e no processo de migração para o meio online. “A companhia se encontra diante de um contínuo crescimento do mercado de graduação, que migra do FIES para o ambiente digital. A Cogna entende que a tendência digital, que foi acelerada durante a pandemia, não é algo temporário e sim estrutural, e isto os incentiva a fortalecer sua operação online sem enfraquecer a presencial, que segue sendo muito importante para a geração de valor”, comentou o analista Luis Sales, em relatório divulgado nesta terça-feira. A Guide está confiante com a capacidade da Cogna de retomar o crescimento do Ebitda e gerar caixa ao longo do próximo ano. Muito do avanço deve acontecer com a crescente atuação do segmento digital e da otimização dos espaços presenciais no projeto de reestruturação da Kroton. Com a unificação e migração de algumas unidades, a Cogna vai concentrar sua operação... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!