Eneva planeja pagar com caixa compra de novos poços da Petrobras

A Eneva (ENEV3), empresa de geração de energia, planeja pagar com caixa a compra de novos poços da Petrobras (PETR4), disse o presidente, Pedro Zinner. A empresa de energia espera aumentar a geração de caixa, já que as usinas termelétricas foram ativadas desde outubro devido à falta de energia hidrelétrica no Brasil, disse Zinner, em [...]

A empresa de energia espera aumentar a geração de caixa, já que as usinas termelétricas foram ativadas desde outubro devido à falta de energia hidrelétrica no Brasil (Imagem: Site/Eneva) A Eneva (ENEV3), empresa de geração de energia, planeja pagar com caixa a compra de novos poços da Petrobras (PETR4), disse o presidente, Pedro Zinner. A empresa de energia espera aumentar a geração de caixa, já que as usinas termelétricas foram ativadas desde outubro devido à falta de energia hidrelétrica no Brasil, disse Zinner, em uma entrevista. A Eneva tinha R$ 2,6 bilhões em caixa em setembro. Após captar R$ 948 milhões em outubro por meio de debêntures, a empresa não precisa, pelo menos nos próximos meses, emitir mais ações ou títulos para financiar aquisições ou cerca de R$ 2 bilhões em investimentos, disse ele. Em leilão realizado pela ANP, órgão regulador do petróleo, a Eneva comprou sete blocos exploratórios nas bacias do Amazonas e Paraná e do campo de Juruá, na bacia do Solimões, informou a empresa em comunicado no início deste mês. A Eneva apresentará nova proposta de compra do campo de Urucu da Petrobras em 15 de janeiro, já que o ativo é “muito atraente”, disse Zinner, acrescentando que a empresa provavelmente participará de outros leilões da Petrobras no futuro. “Procuramos gás, mas o petróleo é uma agradável surpresa, pois é um ativo muito líquido, fácil de vender”, disse. “Vocês verão a Eneva... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!