Frigol mira receita recorde de R$ 3 bilhões em 2021 com foco na exportação de carne
Ver mais sobre: Notícias

Frigol mira receita recorde de R$ 3 bilhões em 2021 com foco na exportação de carne

O Frigol, quarto maior frigorífico de bovinos do Brasil, espera atingir pela primeira vez a marca de 3 bilhões de reais em receita líquida em 2021, com uma estratégia voltada para a expansão de vendas de carnes no mercado externo, que passa tanto pela demanda chinesa quanto pela expectativa de novas habilitações. Em entrevista à [...]

Em entrevista à Reuters, o CEO da companhia, Marcos Câmara, disse que as exportações passaram a representar 44% da receita (Imagem: Reuters) O Frigol, quarto maior frigorífico de bovinos do Brasil, espera atingir pela primeira vez a marca de 3 bilhões de reais em receita líquida em 2021, com uma estratégia voltada para a expansão de vendas de carnes no mercado externo, que passa tanto pela demanda chinesa quanto pela expectativa de novas habilitações. Em entrevista à Reuters, o CEO da companhia, Marcos Câmara, disse que as exportações passaram a representar 44% da receita neste ano, uma alta de 10 pontos percentuais em relação a 2019, tendo a Ásia como destino de 80% dos embarques. “A empresa está se voltando cada vez mais para o mercado externo… atualmente, o principal destino é a Ásia e lá, China e Hong Kong são nossos maiores compradores, mas queremos conquistar ao longo dos próximos meses uma certa diversificação geográfica”, afirmou. Em 2020, a companhia –que em bovinos fica atrás apenas das gigantes JBS (JBSS3), Marfrig (MRFG3) e Minerva Foods (BEEF3) — deve atingir recorde de 2,4 bilhões de reais em receita, ante 1,85 bilhão faturado no ano anterior, na esteira deste incremento nas exportações. Das cinco plantas do Frigol espalhadas entre São Paulo, Pará e Goiás, uma atua na área de suínos e quatro em bovinos. Do total, duas unidades são habilitadas para embarcar carne de boi à China e uma terceira, localizada... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!