Ibovespa tenta reverter perda em 2020 com expectativas sobre vacinas contra Covid-19

A bolsa paulista abria a semana com viés positivo, acompanhando a tendência em praças acionárias no exterior, em meio a perspectivas otimistas para a vacinação contra a Covid-19, com o Ibovespa buscando reverter as perdas em 2020. Às 11:08, o Ibovespa subia 0,45%, a 115.645,21 pontos. Na máxima, chegou a 115.740,10 pontos. O volume financeiro [...]

Às 11:08, o Ibovespa subia 0,45%, a 115.645,21 pontos. Na máxima, chegou a 115.740,10 pontos. O volume financeiro era de 4,4 bilhões de reais (Imagem: B3/Divulgação) A bolsa paulista abria a semana com viés positivo, acompanhando a tendência em praças acionárias no exterior, em meio a perspectivas otimistas para a vacinação contra a Covid-19, com o Ibovespa buscando reverter as perdas em 2020. Às 11:08, o Ibovespa subia 0,45%, a 115.645,21 pontos. Na máxima, chegou a 115.740,10 pontos. O volume financeiro era de 4,4 bilhões de reais. “Por ora, mercado vem dando maior atenção as perspectivas mais positivas para a normalização global em 2021 do que aos desafios correntes, o que tem ajudado a dar sustentação aos ativos de risco”, afirmou Dan Kawa, da TAG Investimentos. Nos Estados Unidos, os futuros acionários avançavam com as atenções voltadas ao lançamento da campanha nacional de vacinação contra a Covid-19, enquanto permanecem esperanças de mais estímulos. Entre as commodities, o petróleo avançava com as apostas ligadas às vacinas, com a explosão de um navio-tanque na Arábia Saudita também repercutindo nos negócios. Os futuros do minério de ferro na China, por sua vez, caíam. No ano, até momento, o Ibovespa mostra estabilidade. Ainda não chegou nas máximas históricas do começo de 2020, quando encostou em 120 mil pontos, mas já acumula valorização de quase 90% desde as mínimas do ano, em março. Destaques CVC... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!