Oi (OIBR3) realiza leilão nesta segunda em meio a disparada de ações

Consórcio entre Vivo, TIM e Claro deve vencer o leilão pela rede móvel da Oi com proposta de de R$ 16,5 bilhões.

A Oi (OIBR3) vai realizar nesta segunda-feira o leilão de sua rede móvel, em mais uma operação que integra o plano de recuperação judicial da companhia. A expectativa é que um consórcio formado por TIM, Vivo e Claro vença o certame. No último mês, a empresa captou R$ 1,3 bilhão com um leilão de torres e data centers. Recentemente, a Oi anunciou que alcançou 2 milhões de clientes na fibra ótica, área à qual irá se dedicar após os certames. Com a notícia, agentes financeiros se animaram, fazendo com que as ações da companhia disparassem na bolsa. Os papeis acumulam alta de 39% no mês, e ganho de 174% desde janeiro deste ano. Consórcio entre rivais Um consórcio entre Vivo, TIM e Claro, que tem preferência na aquisição da rede móvel da Oi, apresentaram uma oferta de R$ 16,5 bilhões. Também estava no páreo a Highline do Brasil, cujo valor da proposta não foi informado mas está abaixo do oferecido pelo consórcio. Após ser superada, a empresa anunciou que não continuará na disputa. Novo mercado de telefonia no Brasil Se o trio de rivais sair vencedor do leilão, o mercado brasileiro passará a ter a seguinte cara: Vivo vai de 33% para 37%, TIM passa de 23% para 32%, e Claro sobe de 26% para 29%. Os outros 2% continuariam com operadoras regionais. Os 16% da Oi seriam absorvidos e a empresa sairia do segmento móvel. Os números são da Omdia, uma consultoria internacional. A maior fatia do bolo A previsão é de que a maior parte da... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!