Prefeitura do Rio cancela festa de réveillon por aceleração do coronavírus

A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu, nesta sexta-feira, cancelar a festa de réveillon na cidade por conta do avanço da pandemia de Covid-19, informou a Riotur, empresa municipal de turismo. A festa na cidade já tinha passado por mudanças e não teria a tradicional queima de fogos de artifício que reúne todos os anos [...]

O motivo do cancelamento nada mais é que uma decisão consciente e responsável (Imagem: REUTERS/Ueslei Marcelino) A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu, nesta sexta-feira, cancelar a festa de réveillon na cidade por conta do avanço da pandemia de Covid-19, informou a Riotur, empresa municipal de turismo. A festa na cidade já tinha passado por mudanças e não teria a tradicional queima de fogos de artifício que reúne todos os anos até 2 milhões de pessoas na praia de Copacabana, que seria substituída por shows de luzes em seis pontos turísticos e apresentações artísticas sem público e com transmissão pela TV e internet. No entanto, mesmo a comemoração reduzida foi cancelada nesta sexta. “Quando anunciamos o novo modelo para o Réveillon Rio 2021, falamos em responsabilidade social. O nosso discurso permanece. O motivo do cancelamento nada mais é que uma decisão consciente e responsável”, afirmou o presidente da Riotur, Fabricio Villa Flor. A decisão foi tomada em meio ao aumento de casos e óbitos por Covid-19 na cidade, que enfrenta uma longa fila de pacientes aguardando vagas para internação hospitalar e taxa de ocupação de leitos de UTI perto do limite da capacidade. “Esta é uma decisão necessária para a proteção de todos. A festa será a da esperança por bons resultados das vacinas para conter a pandemia. Será ainda um momento de reflexão sobre um ano difícil, de luta, com lamentáveis perdas de tantas pessoas. E... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!