Qualidade das lavouras de soja e milho do PR melhora, mas segue abaixo da média

As condições das lavouras de soja e milho no Paraná voltaram a melhorar ao longo da última semana, indicou o Departamento de Economia Rural do Estado (Deral) nesta terça-feira, embora sigam abaixo dos níveis vistos no mesmo momento de safras anteriores, após sofrerem com os efeitos de um longo período de seca. Segundo informativo do [...]

A melhora é reflexo das chuvas registradas nas últimas semanas, afirmou o economista Marcelo Garrido, do Deral (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker) As condições das lavouras de soja e milho no Paraná voltaram a melhorar ao longo da última semana, indicou o Departamento de Economia Rural do Estado (Deral) nesta terça-feira, embora sigam abaixo dos níveis vistos no mesmo momento de safras anteriores, após sofrerem com os efeitos de um longo período de seca. Segundo informativo do órgão ligado ao governo paranaense, 77% das lavouras de soja 2020/21 apresentam condição boa, ante 75% na semana passada, enquanto o percentual de campos em situação ruim se manteve em 4%. A melhora é reflexo das chuvas registradas nas últimas semanas, afirmou o economista Marcelo Garrido, do Deral. “Deu uma melhorada no panorama”, disse ele à Reuters. Para a primeira safra de milho, as lavouras do Paraná em condição boa chegaram a 79%, avanço de 2 pontos percentuais em relação à semana anterior. Já o estado ruim continuou sendo apurado em 5% das plantações. O boletim anterior do Deral, referente a 7 de dezembro, já indicava um viés de melhora nas condições das lavouras, com avanços semanais de 3 pontos para a soja e 2 pontos para o milho no percentual de campos em situação boa. Apesar disso, ambos seguem nas piores condições em pelo menos cinco anos, de acordo com os dados do departamento. O Paraná é o segundo maior produtor de soja e milho do... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!