Representante de Comércio dos EUA aconselha Biden a continuar pressionando a China
Ver mais sobre: Notícias

Representante de Comércio dos EUA aconselha Biden a continuar pressionando a China

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, deve continuar pressionando a China a seguir a Fase 1 de seu acordo comercial e usar tarifas como alavanca, disse à Reuters o representante de Comércio do país, Robert Lighthizer, acrescentando que Pequim fez "um trabalho razoavelmente bom" na implementação de partes do acordo. Em uma rara [...]

“Acho que em algumas partes eles (a China) fizeram um trabalho razoavelmente bom, em outras não”, disse Lighthizer (Imagem: REUTERS/Leah Millis) O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, deve continuar pressionando a China a seguir a Fase 1 de seu acordo comercial e usar tarifas como alavanca, disse à Reuters o representante de Comércio do país, Robert Lighthizer, acrescentando que Pequim fez “um trabalho razoavelmente bom” na implementação de partes do acordo. Em uma rara entrevista na noite de terça-feira, Lighthizer defendeu o histórico do governo Trump na destruição do status quo do comércio e a imposição de tarifas unilaterais sobre 370 bilhões de dólares em produtos chineses. Pequim assinou a Fase 1 do acordo comercial há quase um ano, após meses de tarifas, prometendo aumentar as compras de produtos agrícolas e manufaturados, energia e serviços dos EUA em 200 bilhões de dólares acima dos níveis de 2017 por dois anos. As tarifas custaram aos importadores norte-americanos 71,6 bilhões de dólares desde sua imposição, em julho de 2018, de acordo com dados da alfândega dos EUA. Questionado sobre o que Biden, declarado vencedor da eleição presidencial de 3 de novembro pelo Colégio Eleitoral na segunda-feira, deve fazer em relação à Fase 1, Lighthizer disse: “Eu manteria seus pés na brasa em relação à Fase 1.” “Acho que em algumas partes eles (a China) fizeram um trabalho razoavelmente bom, em outras... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!