Reservas de hotéis aumentam nos EUA após aprovação de vacina
Ver mais sobre: Notícias

Reservas de hotéis aumentam nos EUA após aprovação de vacina

Na última semana, uma janela parece ter sido aberta para o abalado setor hoteleiro. Em 11 de dezembro, mesmo dia em que a vacina da Pfizer foi aprovada para uso pela agência FDA, o número de reservas feitas nos sites do Marriott, Intercontinental Hotel Group, Kayak e Priceline - entre outros nomes importantes do setor - [...]

Na última sexta-feira foi registrado o maior número de reservas diárias desde o início da pandemia em março, com 9.512 transações processadas nos EUA (Imagem: Reuters/David Mdzinarishvili) Na última semana, uma janela parece ter sido aberta para o abalado setor hoteleiro. Em 11 de dezembro, mesmo dia em que a vacina da Pfizer foi aprovada para uso pela agência FDA, o número de reservas feitas nos sites do Marriott, Intercontinental Hotel Group, Kayak e Priceline – entre outros nomes importantes do setor – aumentou repentinamente e de forma abrupta. De acordo com a RateGain, empresa de tecnologia de viagens que administra reservas para as marcas mencionadas, bem como Hotwire, Trivago, Hyatt e Accor, na última sexta-feira foi registrado o maior número de reservas diárias desde o início da pandemia em março, com 9.512 transações processadas nos EUA, em todos seus sites parceiros. Esse número é até comparável às vendas de um dia típico em novembro e dezembro de 2019, que geralmente registra entre 8.500 a 10.000 reservas; o dia mais movimentado de dezembro registrou 12.117 reservas. Tudo isso é promissor e representa um aumento significativo em relação ao número típico de reservas diárias que a RateGain registrou durante grande parte dos dois meses anteriores. A média recente oscilou em torno de 5.500; desde 11 de dezembro, as reservas permaneceram entre 22% a 56% maiores do que essa média. Outros picos de atividade nos últimos oito... Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!