Suzano mostra força global com aumento de preços maior que o esperado

A Suzano (SUZB3) mostrou seu poder de fogo no mercado internacional de celulose, ao impor um reajuste de preços acima do esperado pelos analistas. Segundo a Ágora Investimentos, a empresa informou seus clientes europeus e americanos que a nova tabela valerá já a partir de janeiro. A meta da Suzano é cobrar US$ 750 por [...]

Papel principal: Suzano chama a atenção do mercado com forte reajuste de preços (Imagem: Facebook/ Divulgação/ Suzano) A Suzano (SUZB3) mostrou seu poder de fogo no mercado internacional de celulose, ao impor um reajuste de preços acima do esperado pelos analistas. Segundo a Ágora Investimentos, a empresa informou seus clientes europeus e americanos que a nova tabela valerá já a partir de janeiro. A meta da Suzano é cobrar US$ 750 por tonelada na Europa, e US$ 970 na América do Norte. Em um breve comentário aos clientes, Thiago Lofiego e Luiza Mussi, da Ágora, afirmam que a companhia superou essa expectativa, “estabelecendo novo patamar de preços US$ 70 acima dos níveis spot de janeiro”. Para a dupla, isso confirma os prognósticos positivos para o mercado de papel e celulose em 2021, “com o crescimento da demanda ultrapassando a oferta”. A Suzano é a ação favorita da Ágora nesse setor. Acessar conteúdo completo

Receba nossas novidades em seu e-mail!