O que é imposto de renda?

Você conhece a mordida do leão? saiba o que é e como funciona o tributo mais famoso e mais temido do Brasil

O que é o Imposto de Renda

Conhecido popularmente como “mordida do leão” o imposto de renda (IR) é um tributo federal que incide sobre a renda e que acompanha também a evolução patrimonial. Esse tributo foi instituido no Brasil em 31 de dezembro de 1922 e desde então foi sofrendo diversas modificações até chegar ao formato que se tem hoje.

O valor do tributo incidente é proporcional aos rendimentos declarados, ou seja, os cidadãos com renda maior pagam mais impostos do que aqueles com renda menor. Na prática, o IR é um valor descontado anualmente sobre os rendimentos dos trabalhadores e das empresas no Brasil.

Mas por que o governo precisa do meu dinheiro?

O motivo pelo qual o imposto é cobrado vem de índole social. A ideia é que a parcela da população com rendimentos maiores contribuem mais para o governo, a fim de gerar dinheiro para melhorias na qualidade de vida da população em geral.

Em teoria parte dos recursos arrecadados é destinada à saúde, educação e programas de transferência de renda, como o “Bolsa Família”. Outra parte é enviada para programas de geração de empregos e inclusão social. Existe também uma parte que é direcionada para investimentos em segurança pública, infraestrutura, esporte, defesa do meio ambiente e estímulo ao desenvolvimento da ciência e tecnologia.

Os tipos de Imposto de renda

O IR se divide em duas categorias: o Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) e o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

O Imposto de Renda Pessoa Física incide sobre a renda e os proventos de contribuintes residentes no país ou no exterior e que recebem de fontes no Brasil.

As alíquotas (percentual ou valor fixo que será aplicado para o cálculo do valor de um tributo) variam conforme a renda, são isentos de cobrança os contribuintes que ganham abaixo do limite estabelecido.

Já o Imposto de Renda Pessoa Jurídica é destinado a empresas. Nesse caso, a alíquota aplicada incide sobre o lucro. Segundo a Receita Federal, são contribuintes e estão sujeitos ao pagamento do IRPJ, as pessoas jurídicas e as pessoas físicas a elas equiparadas, domiciliadas no país.Desde o ano de 1996, a alíquota do IRPJ é de 15% sobre o lucro apurado, com adicional de 10% sobre a parcela do lucro que exceder R$ 20.000,00 por mês

Saiba mais:

  • Quem precisa declarar o IR?

  • Como eu faço para declarar o IR e o que preciso declarar?

Veja mais sobre:

IR - Imposto de Renda
O que é imposto de renda?
Solicitar Empréstimo

Receba nossas novidades em seu e-mail!