Projeto de privatização dos Correios deverá ser encaminhado ao Congresso nos próximos dias

A proposta tem como um dos objetivos trazer alternativas para a universalização dos serviços de entrega de cartas e documentos

Projeto de privatização dos Correios deverá ser encaminhado ao Congresso nos próximos dias

Martha Seillier, secretária especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), do Ministério da Economia, afirmou que, neste mês, o governo deve enviar ao Congresso o projeto de lei (PL) sobre a privatização dos Correios, após a aprovação do texto pela Casa Civil.

De acordo com ela, a proposta contida no PL traz alternativas para que os serviços de entrega de cartas e documentos sejam mantidos em caráter universal e é importante para atrair um parceiro privado.

A ideia, segundo a secretária, é que todas as políticas públicas sejam conservadas sem prejuízo da população – entre elas a distribuição de livros didáticos.

Privatização dos Correios

Os Correios, uma das maiores estatais do país, teve, no ano passado, uma despesa registrada em aproximadamente R$18 bilhões, tendo lucro líquido de R$102 milhões.

Se a estatal precisar de recursos públicos para se manter, ela se tornará dependente do orçamento, aumentando, assim, as despesas do governo.

As análises sobre a privatização devem ficar prontas em 2021, mas algumas empresas já manifestaram seu interesse na compra da estatal. O gerente nacional da Amazon no Brasil, Alex Szapiro, em entrevista ao Gazeta do Povo, disse que a multinacional não discutiu a compra dos Correios, mas que a companhia está cada vez mais apostando no mercado postal.

Veja mais sobre:

Empresa Novidades Notícias
Projeto de privatização dos Correios deverá ser encaminhado ao Congresso nos próximos dias
Solicitar Empréstimo

Receba nossas novidades em seu e-mail!